jusbrasil.com.br
27 de Maio de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal Regional do Trabalho da 19ª Região TRT-19 - RECURSO ORDINÁRIO: RO 0000518-41.2017.5.19.0001 0000518-41.2017.5.19.0001

Detalhes da Jurisprudência
Publicação
29/04/2021
Relator
Thais Costa Gondim
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

EMENTA RECURSO ORDINÁRIO PATRONAL. INDENIZAÇÃO POR DANOS MATERIAIS. BENEFÍCIO PREVIDENCIÁRIO. PREJUÍZO AO TRABALHADOR. CONFIGURADO. A CONDENAÇÃO DO DEMANDADO EM INDENIZAÇÃO POR DANOS MATERIAIS É MEDIDA QUE SE IMPÕE, HAJA VISTA QUE NO ÂMBITO TRABALHISTA O PAGAMENTO DE TAL INDENIZAÇÃO SE JUSTIFICA QUANDO O EMPREGADO É PRIVADO DO TRABALHO POR UMA DOENÇA, SOFRE UM DANO MATERIAL CONSISTENTE NA INCAPACITAÇÃO PARA O TRABALHO E CONSEQUENTE GANHO PECUNIÁRIO QUE A SUA FALTA LHE PROPORCIONA. PORTANTO, MESMO COM A PERCEPÇÃO DA APOSENTADORIA POR INVALIDEZ A OBREIRA SOFREU PERDAS NO SEU PATRIMÔNIO, EIS QUE DEIXOU DE AUFERIR OUTRAS VANTAGENS PECUNIÁRIAS, ACASO ESTIVESSE TRABALHANDO, TAIS COMO, FÉRIAS, 13º SALÁRIOS, HORAS EXTRAS, HORAS NOTURNAS, ETC., QUE SOMADAS, CERTAMENTE RESULTARIAM EM VALORES SUPERIORES AO RECEBIDO PELO INSS. APELO DESPROVIDO. RECURSO ORDINÁRIO OBREIRO. FIXAÇÃO DO MONTANTE INDENIZATÓRIO. MAJORAÇÃO. POSSIBILIDADE. NA QUANTIFICAÇÃO DO VALOR REFERENTE À INDENIZAÇÃO NO TOCANTE AO DANO MORAL SOFRIDO PELA RECLAMANTE, O MAGISTRADO DEVE CONSIDERAR O GRAU DE CULPA DO AGENTE, A EXTENSÃO DO DANO CAUSADO À VÍTIMA E À SUA FAMÍLIA E A EVENTUAL PARTICIPAÇÃO DA VÍTIMA PARA O RESULTADO DANOSO. LOGO, O VALOR ARBITRADO PELO JUÍZO ""A QUO"" FOI AQUÉM DO QUE PODERÍAMOS ACEITAR COMO RAZOÁVEL E COERENTE, NO QUE CABÍVEL A MAJORAÇÃO DO ""QUANTUM"" ARBITRADO. APELO PARCIALMENTE PROVIDO. II.

Acórdão

ACORDAM os Exmºs. Srs. Desembargadores da Primeira Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 19ª Região, por unanimidade, conhecer dos apelos e, negar provimento ao recurso patronal e dar parcial provimento ao recurso obreiro para acrescer ao condeno: a) indenização de forma vitalícia, no valor de R$13.047,97, relativo ao valor anual do auxílio-alimentação, sendo corrigida anualmente; b) indenização correspondente ao prêmio do seguro de vida e acidentes pessoais, no importe de R$110.225,72. c) majorar o valor da indenização por dano moral para R$ 58.705,60 e do dano material (lucros cessantes) para R$311.133,20. Custas majoradas em R$12.000,00 calculada sobre o acréscimo condenatório de R$600.00,00.
Disponível em: https://trt-19.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/1201017585/recurso-ordinario-ro-5184120175190001-0000518-4120175190001

Informações relacionadas

Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região
Jurisprudênciahá 8 meses

Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região TRT-10: 0000205-72.2021.5.10.0007 DF

Tribunal Superior do Trabalho
Jurisprudênciahá 8 meses

Tribunal Superior do Trabalho TST: Ag 10807-17.2019.5.15.0052

Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região
Jurisprudênciahá 11 meses

Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região TRT-7 - Recurso Ordinário Trabalhista: ROT 0001001-37.2018.5.07.0012 CE

Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região
Jurisprudênciahá 6 meses

Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região TRT-2: 1001289-39.2020.5.02.0431 SP